AGC investe R$ 700 milhões na construção da segunda planta no Brasil

VidroSom 2016 debate de Soluções Acústicas em Porto Alegre
6 de maio de 2016
Glass South America Feira Internacional do Vidro acontece de 08 a 11 de junho de 2016.
12 de maio de 2016
Mostrar Tudo

AGC investe R$ 700 milhões na construção da segunda planta no Brasil

 A companhia mais que dobrou sua produção de vidro. Com a ampliação da capacidade deve gerar 1.000 postos de trabalho durante as obras e, após a conclusão, cerca de 500 empregos diretos e indiretos

A AGC Vidros, líder mundial na fabricação de vidros, anuncia um investimento de R$ 700 milhões para a construção de sua segunda planta no Brasil. A nova planta será no Sudeste e produzirá 850 toneladas por dia de vidro plano, aumentando a capacidade da AGC no Brasil das atuais 600 toneladas por dia para 1450 toneladas diárias. A construção, com conclusão prevista para 2018, deverá gerar cerca de 1.000 postos de trabalho, e ao final, serão criados 500 empregos diretos e indiretos.

“A AGC Vidros entrou no mercado brasileiro em 2011 para atender nossos clientes nos segmentos da construção civil, da decoração e do setor automotivo com um investimento inicial de quase R$ 1 bilhão. Hoje, cinco anos depois, confirmamos o comprometimento com os nossos clientes, anunciando um investimento adicional de R$ 700 milhões. Em um momento delicado da nossa economia, a AGC quer dar um sinal concreto de confiança no futuro do país e na capacidade empreendedora dos nossos clientes e de toda a cadeia vidreira nacional”, afirma Davide Cappellino, Presidente da AGC Brasil.

“O Brasil e a América do Sul são mercados estratégicos para a AGC, nos quais pretendemos reforçar a nossa presença”, complementa Jean-François Heris, Presidente Global da Divisão Building (produtos para construção civil) da AGC, que esteve presente durante o anúncio do novo investimento no Brasil.

A AGC Vidros do Brasil atualmente produz em sua fábrica de Guaratinguetá 600 toneladas por dia de chapas de vidro plano nas versões incolor e colorido e com espessuras de 1,8 até 12 milímetros. Parte da produção é transformada, na mesma planta, em espelhos, vidros pintados e outros produtos para decoração.

A companhia ainda produz vidros para o setor automotivo (para-brisas, vigias, vidros laterais), atendendo as principais montadoras do país e o mercado de reposição de peças. A AGC Brasil também é parceira do Instituto Ayrton Senna, com o qual promove programas educacionais e apoia iniciativas culturais do MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand). Em uma das ações mais recentes, a AGC forneceu os vidros dos cavaletes “Concreto e Cristal” da nova pinacoteca do museu, reproduzindo o desenho original de Lina Bo Bardi.

Sobre o grupo AGC

O grupo AGC (Asahi Glass Company) com sede em Tóquio, é líder mundial na produção de vidros planos e automotivos, além de produtos químicos e vidros especiais para telas eletrônicas (TVs, celulares e dispositivos moveis) e outras aplicações de alta tecnologia. Com mais de um século de inovação tecnológica, o grupo AGC desenvolveu uma expertise de ponta na produção do vidro para responder às exigências dos clientes de hoje e de amanha. O grupo emprega cerca de 50 mil pessoas ao redor do mundo e gera vendas de aproximadamente 13 bilhões de dólares em seus negócios presentes em mais de 30 países.

Para mais informações, visite www.agc-group.com.